A partir desta quinta-feira, 5 de maio, o GRES Leão de Nova Iguaçu dá início ao novo projeto cultural da agremiação, com a realização de oficinas de dança, toda quinta-feira, às 19h30. As modalidades oferecidas são: samba, expressão corporal e dança afro. O projeto é comandado por Igor Martins, diretor da Ala de Passistas da escola, e surgiu de uma demanda da própria comunidade aliada à experiência profissional do coordenador.

Passistas 2

Oficinas serão realizadas na quadra da agremiação. Foto: Diego V. Lopes.

Segundo Igor, a “Baixada é um celeiro de homens e mulheres com muito samba no pé e talento para bailar. Logo, o objetivo do projeto é utilizar todos os fundamentos técnicos da dança como força, potência, flexibilidade, coordenação, equilíbrio e agilidade para trabalhar a autoestima e a estética corporal das pessoas. As aulas de samba, em especial, terão como objetivo principal a formação de novos passistas que futuramente farão parte da Ala de passistas do Leão”.

Para participar do projeto, não há exigência de conhecimento prévio em dança. Os interessados devem comparecer na quadra do Leão de Nova Iguaçu, no dia e horário da oficina, apenas com documento de identificação. Os menores de idade, além do referido documento, precisam levar autorização do responsável e comprovante de que estão devidamente matriculados em uma instituição de ensino.

Serviço

Oficinas de Dança do GRES Leão de Nova Iguaçu.
Data: A partir de 5 de maio (quinta-feira).
Horário: 19h30.
Inscrição: Gratuita.
Local: GRES Leão de Nova Iguaçu.
Endereço: Rua Mario José da Fraga, 40, Santa Eugênia, Nova Iguaçu – RJ.