O samba ressoa forte na Baixada Fluminense. No carnaval deste ano, 11 escolas de samba estarão representando a região nos grupos profissionais das ligas cariocas. Além das renomadas Beija-Flor de Nilópolis e Acadêmicos do Grande Rio, que desfilam no grupo especial, outras agremiações prometem animar o público e acirrar a disputa nos grupos de acesso.

Com muita dedicação, trabalho, talento e simpatia – características do povo da região –, as escolas da Baixada marcaram seu lugar na história do samba brasileiro e do carnaval carioca. Com criatividade, atravessaram obstáculos econômicos e sociais e levaram a todos os cantos do país as múltiplas vozes que emergem de um território discriminado e marginalizado.

As primeiras escolas da Baixada Fluminense a invadirem esse cenário e que figuram nessa lista hoje são Beija-Flor (1948), Unidos da Ponte (1952) e Leão de Nova Iguaçu (1968); as demais surgiram apenas depois da década de 1980. Nessa trajetória, entre os festejos de vitórias e a amargura das derrotas, transitaram entre as subdivisões dos grupos de acesso e seguiram em constante reinvenção.

Em 2016, a Baixada vem com tudo mais uma vez. Presentes em quase todos os grupos – apenas no C não possui representantes – as escolas da região irão mostrar no Sambódromo do Rio de Janeiro e na Estrada Intendente Magalhães, em Campinho, uma diversidade de enredos, da cultura local à nacional e, ainda, suas influências. Tem samba de sábado a sábado; fique atento à programação.

Grupo Especial
07/02/2016 – Domingo | Local: Sambódromo | Horário: A partir de 21h30

Beija-flor de Nilópolis | Nilópolis | “Mineirinho genial! Nova Lima – Cidade Natal. Marquês de Sapocaí – O poeta imortal” 3ª
Acadêmicos do Grande Rio | Duque de Caxias | “Fui no Itororó beber água, não achei. Mas achei a bela Santos e por ela me apaxonei…” 4ª

Série A
06/02/2016 – Sábado | Local: Sambódromo | Horário: A partir de 21h45

Inocentes de Belford Roxo Belford Roxo | “Cacá Diegues – Retratos de um Brasil em cena” 3ª

Série B
09/02/2016 – Terça-feira | Local: Estrada Intendente Magalhães | Horário: A partir de 18hs

Leão de Nova Iguaçu | Nova Iguaçu | “Pas de Dance: Hoje tem festa no Arraiá” 4ª
Unidos da Ponte | São João de Meriti | “Africanidades: Do continente negro à pequena África… Nossa identidade cultural” 11ª

Grupo D
07/02/2016 – Domingo | Local: Estrada Intendente Magalhães | Horário: A partir de 20hs

Chatuba de Mesquita | “Mesquita A saga de um guerreiro, cujo o peito incrustado de aço” 1ª
Alegria do Vilar | “São João de Meriti A Baixada canta e encanta as danças que a África nos ensinou” 4ª
Império da Uva Nova Iguaçu | “Nova Iguaçu, porque te amo” 6ª
Matriz de São João de Meriti | “São João de Meriti, “Fluxo e refluxo” 10ª

Beija-Flor de Nilópolis é uma das representantes da Baixada na Sapucaí. Foto: Tata Barreto/Riotur

Beija-Flor de Nilópolis é uma das representantes da Baixada na Sapucaí. Foto: Tata Barreto/Riotur

Atualmente, a maior campeã da história recente do carnaval do Rio de Janeiro é a Beija-Flor de Nilópolis, com oito títulos nas últimas duas décadas. Desde 1932, quando começaram os desfiles, a escola de samba acumula treze campeonatos e é a terceira no ranking histórico. Além disso, é a única escola da Baixada Fluminense a se consagrar campeã no grupo especial, um dado que as escolas da região pretendem mudar, reelaborando sua própria história.