Seis linhas da Transmil sofrem intervenção do Detro

Assuntos relacionados: . .
21/8/2013, 16:51

A partir desta quarta-feira (21/8) seis linhas da Turismo Transmil Ltda estão sob a intervenção do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro). A medida foi tomada já que a empresa não honrou as cláusulas exigidas em Termo de Acordo e Compromisso (TAC) assinado por seus diretores.

As linhas têm origem no município de Nilópolis e serão operadas, em caráter emergencial, pela Cavalcanti e Cia Ltda (Nilopolitana), Transportes Blanco Ltda e Master Transportes Coletivos Ltda.

Turismo Transmil está operando apenas cinco linhas. Foto: Wanderson S. Dantas/Wikimedia.

Turismo Transmil está operando apenas cinco linhas. Foto: Wanderson S. Dantas/Wikimedia.

A portaria de intervenção na Transmil foi publicada na edição desta quarta-feira do Diário Oficial do Estado e estabelece que passam a ser operadas pelas empresas:

Blanco as linhas 124B (SA) Nilópolis – Passeio (via Parada de Lucas) com 15 carros e a 131B (SA) Nilópolis – Central (via Parada de Lucas) com cinco carros;

Master a 152B (SAC) Nilópolis – Central (Via Via Light) com três ônibus e a 120B (SA) Nilópolis – Central (via BR-116), com sete veículos;

Nilopolitana os trajetos 129B (SA) Nilópolis – Central (via Vila Norma) com cinco veículos e 516I (SA) Nilópolis – Km-2,5 da BR-116 com cinco ônibus.

Estas empresas vão incorporar as linhas em questão sem prejuízo das que já operam.

Entre as exigências acordadas e não cumpridas pela Transmil estão a não incorporação de 40 novos ônibus a sua frota; a não disponibilização da frota mínima exigida de 76 veículos em condições de vistoria; a não quitação de débitos relativos a autos de infração que somam cerca de R$ 2 milhões e a taxas do Detro num total aproximado de R$ 1,5 milhão, entre outras.

Uma das linhas sob intervenção, a Nilópolis – Passeio (via Parada de Lucas), é a mais reclamada da empresa na Ouvidoria do Detro, com 78 registros entre janeiro e agosto, por motivos diversos como má conservação, horário irregular, falta de ônibus, não parada no ponto. Entre janeiro e agosto de 2013, a Transmil contabiliza um total de 229 reclamações contra ela.

Desde a zero hora de hoje, a Transmil é responsável apenas por linhas nos municípios de Nova Iguaçu (duas) e Mesquita (três). Já a Master, Nilopolitana e a Blanco operarão os trajetos que sofreram intervenção pelo prazo máximo de um ano ou até a realização de concorrência pública para seleção de futura operadora. Durante este tempo, a Transmil poderá se adequar às condições exigidas para recuperar suas linhas e, caso isto não ocorra, a empresa pode perder de vez a permissão para atuar no transporte intermunicipal de passageiros.

Redação do Site da Baixada
redacao@sitedabaixada.com.br
@sitedabaixada

Cadastre-se gratuitamente no Site da Baixada

Receba semanalmente os principais assuntos da Baixada

4 Comentários

  1. 23/08/2013
    Fábio

    Boa tarde venho deixar meu Comentário referente a linha 131B Nilópolis – central que na verdade é via mesquita parador já era uma demora sera que com 5 carros vai resolver o problema logico que não vai continuar uma merda teria que ter mais atenção a essa linha…

  2. 24/08/2013
    iran cipriano de oliveira

    ué gostaria de saber porque o detro não cassou a linha 478 Mesquita X Central e a 481 melhoral, pois é uma vergonha a tempo de espera no ponto de ônibus e a conservação dos ônibus dessas linhas.

  3. 04/09/2013
    Osvaldo

    A Prefeitura de Mesquita deveria se espelhar em Nilópolis e banir de vez essa porcaria de empresa que é a TRANSMIL. Esse ônibus são um lixo. É uma total falta de respeito com o usuário que paga um absurdo de passagem por um serviço horrível.

  4. 13/12/2013
    paulo roberto

    Olá, bom dia.

    gostaria de registrar aqui uma reclamação e minha indignação. sou usuário da empresa transmil que se localiza em mesquita, ela faz nova iguaçu parada de lucas ,venho percebendo constante atrasos mal conservação não tem um ônibus novo tudo velho uma barulheira quando chove o ônibus fica cheio de goteira, e agora vc chega na Rodoviaria e não tem ônibus porque o motorista está sem pagamento então ele abandona o ônibus,perderam até a cabine porque não pagaram, e o passageiro fica na mão ai tem que pegar dois ônibus. por favor tira essa empresa da linha faz que nem fizeram com a linha de nilopolis eles perderam para empresa blanco.

AVISO: O sistema de comentários é disponibilizado aos usuários do Site da Baixada exclusivamente para a publicação de opiniões e comentários relacionados ao conteúdo deste site. Todo e qualquer texto publicado na internet através do referido sistema não reflete a opinião deste site ou de seus autores.

Os comentários aqui publicados por terceiros através deste sistema são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste site reservam-se, desde já, ao direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos, de alguma forma prejudiciais a terceiros, que tenham informações pessoais do autor do comentário, ou que tenham carater puramente promocional.

Deixe seu comentário