Em mais uma ação para proporcionar aumento da oferta de água em toda a Baixada Fluminense, o Governo do Estado, através da CEDAE, assinou, na última quinta-feira (03), na sede da Secretaria Estadual de Obras (Seobras), contrato com o Consórcio Collet e PB para obras de abastecimento em Nilópolis. Com investimento total de aproximadamente R$ 196 milhões, o conjunto de obras inclui o assentamento de 19 quilômetros de rede adutora com diâmetros entre 1200 e 1750 de diâmetro. As intervenções terão início em abril.

A intervenção faz parte do Programa de Abastecimento de Água para a Baixada Fluminense e da construção do Novo Guandu, orçados em R$ 3,4 bilhões, que incluem a construção de uma nova estação de tratamento de água para tratar 12 mil litros por segundo, elevatória de água tratada, linha de recalque (tubulação que abastece o reservatório) e reservatório com capacidade para armazenar 57 milhões de litros; a construção, nos diversos municípios da Baixada Fluminense, de 17 novos reservatórios e reforma de outros nove que hoje estão fora de operação); assentamento de 95 km de adutoras para abastecer os reservatórios; 760 km de troncos e rede distribuidora e instalação de mais de 100 mil novas ligações prediais.

As obras já estão em andamento nos municípios de Duque de Caxias, São João de Meriti, Belford Roxo, Queimados e Nova Iguaçu.

Além do presidente da CEDAE, Jorge Briard, e de representantes da empresa de engenharia, estiveram presentes o secretário estadual de Obras, José Iran Peixoto Júnior, e o diretor de Engenharia da CEDAE, Humberto Melo.