Laboratório Roque Pense! é uma oficina de cultura antissexista, um ciclo de cinco encontros que conjugam os princípios feministas e as técnicas em produção cultural, com ênfase nas experiências das mulheres no universo da cultura urbana em diferentes territórios periféricos da metrópole. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas através do roquepense.com.br. A realização é da secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro e o coletivo Roque Pense! assina a produção e a concepção do projeto.

Laboratório Roque Pense 2

Encontro acontece na Biblioteca Leonel Brizola. Foto: Danilo Sérgio

A iniciativa parte da experiência do Festival Roque Pense!, um dos mais importantes festivais de cultura antissexista do país que une a cultura urbana à luta pelos direitos da mulher, realizado desde 2011 na Baixada Fluminense. A série de encontros começa no próximo dia 2, e segue durante os sábados de abril, sempre a partir das 14h, na Biblioteca Municipal Leonel de Moura Brizola, na Praça do Pacificador, centro de Duque de Caxias.

Destinada exclusivamente a mulheres artistas, produtoras culturais, ativistas, professoras e estudantes da região metropolitana, o Laboratório Roque Pense! irá culminar com a produção colaborativa de uma apresentação musical e artística e o lançamento de mais um número do Boletim RP!, com a participação de todas as integrantes do Laboratório. A entrada é franca.

Os encontros são abertos ao público, com emissão de certificado, e terá debates sobre os temas: Pensando o Feminismo; Feminismo Negro; Garotas, Música e a Experiência do Roque Pense!; Produção Cultural Periférica e Feminismo; Produção Colaborativa das Minas.

A Produção Executiva é assinada pela Terreiro de Ideias: Arte, Comunicação, Cultura e o projeto conta com o apoio da secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Duque de Caxias.

Outras informações: www.roquepense.com.br / www.facebook.com/RoquePense