A Prefeitura de Nilópolis, sob coordenação da Secretaria Municipal de Administração e da Previnil, irá realizar o Censo Cadastral Previdenciário dos servidores públicos com cargos efetivos, ativos, aposentados, pensionistas e dependentes da Previdência Social do município. A empresa escolhida pelo Ministério da Previdência Social para realizar o recadastramento é a WebTech.

De acordo com o Ministério da Previdência, Nilópolis e Niterói foram os únicos municípios classificados em 2016 para receber o Censo, além dos recursos do BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento , recebendo 16 equipamentos como computadores e Scanners.

O recadastramento, que contará com recursos do Banco Mundial, será realizado na Câmara de Vereadores de Nilópolis a partir do dia 6 de junho e irá até o dia 17 de junho para os servidores ativos e do dia 20 de junho ao dia 27 para os inativos, de 9h às 17h. O objetivo do Censo é identificar o tempo de colaboração dos servidores e os benefícios, além fiscalizar e atualizar o cadastro no banco de dados.

Segundo o Presidente da Previnil, Heliomar Santos, o Prefeito Alessandro Calazans deu total apoio ao projeto na cidade. “Desde que levei o projeto em 2014, o Prefeito aprovou e decidimos fazer a ação como forma de regularizar a previdência do município”, ressaltou.

Ainda de acordo com Heliomar Santos, cerca de 4 mil pessoas são esperadas para o recadastramento e tanto inativos quanto ativos, além dos dependentes, deverão portar todos os documentos solicitados, inclusive o CPF. Na falta de documentos, o recadastramento não será realizado.

Para as pessoas enfermas ou impossibilitadas de saírem de casa, a Previnil informa que um responsável deverá comparecer ao local, solicitando a presença de um funcionário da previdência e da empresa para o recadastramento em casa. Já para quem está residindo em outro estado, é necessário uma declaração de vida expedida pelo cartório e enviada via sedex para o endereço da Previnil.

Já para os que residem em outro país, o responsável deverá comparecer ao consulado ou embaixada brasileira e expedir uma declaração de vida.  Já os que não comparecerem ao recadastramento, terão seus benefícios bloqueados e, após 6 meses, cancelado. O servidor pode obter mais informações pelo site www.previnil.rj.gov.br.