Maquete do Hospital  Estadual de Cardiologia. Foto: PMQ.

Maquete do Hospital Estadual de Cardiologia. Foto: PMQ.

A União e o Governo do Estado lançaram na última segunda-feira (30/07), os editais de licitação para a construção do Hospital Estadual de Cardiologia, que atenderá cerca de três milhões de pessoas da Região Metropolitana. O prédio será erguido em seis pavimentos em um terreno desapropriado pela Prefeitura no Bairro Vila Pacaembu.

O investimento da obra será de R$ 61,3 milhões e o prazo de conclusão é de 450 dias, a contar do início.

A unidade vai contar com 108 leitos de internação, 39 leitos de UTI, sete salas cirúrgicas, 56 enfermarias, salas de ecocardiograma, ultrassom, tomografia, ressonância magnética, medicina nuclear e consultórios de fisioterapia.

Antigo esqueleto do Hospital de Queimados. Foto: Divulgação/PMQ

Antigo esqueleto do Hospital de Queimados. Foto: Divulgação/PMQ

De acordo com a Prefeitura, as obras do Hospital Geral de Queimados começaram em 1990 e foram paralisadas sob suspeita de superfaturamento, irregularidades e descaso. Com previsão de 276 leitos, a expectativa inicial era de 600 mil atendimentos e 25 mil internações por ano para pacientes de 11 cidades da Baixada.