Neste sábado (13), diversas cidades da Baixada Fluminense receberão ações espalhadas pela região com o objetivo de combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor das doenças da dengue, febre chikungunya e do zika vírus. As ações contam com o apoio do Governo Federal e das forças militares e são fruto da Campanha Nacional, em que 220 mil militares atuarão em 356 municípios em todos os estados brasileiros.

zika capa

Ação conta com apoio do Governo Federal e das forças armadas. Foto: Divulgação

Em Nova Iguaçu, multirão de combate a dengue e ao zika vírus

Ao todo, 900 agentes municipais e 581 militares do Exército, Marinha e Aeronáutica estarão nas ruas de quatro bairros levando orientação à população.  Serão feitas também visitas domiciliares. O ponto central será na Praça Rui Barbosa, Centro. A ação ocorre das 9h às 14h e contará com a participação conjunta da Subsecretaria de Vigilância em Saúde e da Subsecretaria de Atenção Básica, com o apoio dos militares enviados pelo Ministério da Saúde.

Serão montados outros quatro pontos de divulgação em bairros de grande concentração como Austin, Miguel, Couto, Cabuçu e Centro (no Top Shopping), onde serão  instaladas tendas para o atendimento à população, voltadas para a informação e educação sobre formas de proliferação, contágio, sintomas e tratamento. Além disso, carros fumacê percorrerão as regiões mais afetadas pelo mosquito, além de envio de diversos caminhões em ação especial para o recolhimento de pneus velhos e posterior descarte em local adequado.

Duque de Caxias participa do Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia

A Prefeitura de Duque de Caxias participará da campanha de enfrentamento à Microcefalia, promovido pelo Governo Federal, com distribuição de panfletos informativos sobre a doença, que é associada ao Zika vírus, causada pelo mosquito Aedes aegypti. A ação que faz parte do Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia, acontecerá a partir das 8 horas, nas praças Roberto Silveira e Pacificador, no Centro.  A atividade terá a participação de 85 militares da Marinha e equipes da Secretaria municipal de Saúde.

Em São João de  Meriti, Fuzileiros Navais e prefeitura se unem no combate ao Aedes aegypti

Vinte e oito equipes (14 com base na Praça José de Amorim – antiga Três Poderes, em frente à sede da Prefeitura, e outras 14 na Praça da Matriz, centro de São João de Meriti) vão distribuir material impresso com orientações para combater o Aedes Aegypti. Cerca de 90 militares, vestidos de branco, atuarão na prevenção entre 8h e 17h. Também participarão da ação 300 agentes endêmicos (150 em cada equipe), homens da Guarda Municipal e da Defesa Civil.

Entre os dias 15 e 19 (da próxima segunda até sexta-feira), os militares e os agentes da Vigilância Sanitária atuarão nas ruas buscando atender o número maior de residências e estabelecimentos. Para isso, um agente de saúde da Vigilância Sanitária de São João de Meriti atuará junto com três militares fazendo as visitas. Além de inspecionar focos de proliferação, orientar moradores e, se for necessário, aplicar larvicida em criadouros, eles vão enviar as estatísticas das ocorrências para o quartel.