Atualização (08/11, 15:53) – O Site da Baixada publicou um editorial após o Ato em defesa da Segurança Pública

Um encontro convocado pelo prefeito de São João de Meriti, Sandro Matos, reuniu na noite desta quinta-feira, 7 de novembro, no Social Club Meriti prefeitos da região, como Dennis Dauttmam, de Belford Roxo, e também presidentes de câmaras municipais, magistrados e membros da sociedade civil, para protestar contra os índices de violência na Baixada Fluminense, que aumentam a cada dia, principalmente depois da criação das UPPs no Rio de Janeiro.

A migração de bandidos fugidos da capital é uma realidade que tem seus efeitos apontados em pesquisa do Instituto de Segurança Pública (ISP) – esta informação foi negada pelo secretário estadual de Segurança, José Mariana Beltrame, na semana passada.

Segurança pública da Baixada reuniu centenas de pessoas no Social Clube. Foto: Bem na fita comunicação.

Segurança pública da Baixada reuniu centenas de pessoas no Social Clube. Foto: Bem na fita comunicação.

Foi criado um documento que solicita ao governador Sergio Cabral e ao secretário de Segurança uma reavaliação no planejamento na instalação das UPPs na capital e o aumento de efetivo para os batalhões tanto das cidades da Baixada Fluminense quanto do interior. “Essa medida é emergencial e deve diminuir os danos causados nos últimos anos. A cidade do Rio de Janeiro não pode ser a única atendida em termos de segurança pública”, explica Sandro Matos.

De acordo com a Prefeitura, centenas de cidadãos estiveram presentes e participaram da construção do documento, que tem apenas uma página, e foi submetido a uma votacão e aprovado por unanimidade.