A Prefeitura de São João de Meriti, por meio da secretaria de Segurança e Transporte e da Guarda Civil Municipal, realizou na manhã desta terça-feira (19/11), reunião com representantes de outros municípios da Baixada Fluminense para discutir a criação de um consórcio de segurança para região.

Reunião aconteceu em São João de Meriti. Foto: Luiz Alberto.

Reunião aconteceu em São João de Meriti. Foto: Luiz Alberto.

O evento contou com a presença de secretários e representantes de oito cidades: Meriti, Caxias, Nilópolis, Mesquita, Magé, Belford Roxo, Mangaratiba e Guapimirim. De acordo com a Prefeitura de São João de Meriti, o objetivo do encontro é traçar planos para unificar e fortalecer as guardas da Baixada e entorno devido ao crescente aumento da violência advindo da criação das UPPs na capital.

Segundo um consenso dos presentes, a realidade dessas cidades é parecida e todas estão trabalhando para um desfecho positivo do consórcio. De acordo com comandante da Guarda Municipal de Meriti, Worton Jr, a união de todas as secretarias de segurança é vital para o projeto. “Hoje existem áreas em Meriti que a guarda não consegue mais transitar”, afirmou o comandante.

A ideia inicial é realizar um consórcio de segurança nos moldes do consórcio do Sul, que engloba Volta Redonda, Barra Mansa e cidades vizinhas. Hoje as guardas da Baixada sofrem com o sucateamento material e de contingente. O secretário de Meriti, coronel Vilaça, afirmou que a estratégia mais eficiente para os locais onde não existem UPPs é a municipalização da segurança e capacitação de seus agentes.